Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Kadu Perfum'ar

Mais uma aventura!

por C.C., em 30.04.20

0001195 (1).jpg

Somos assim, algo aventureiros, aceitando desafios!
Esta semana uma amiga minha procurou-me e falou-me de uma marca de produtos que estava a vender e perguntou-me se gostava de experimentar!
Reticente, porque na verdade nunca tinha ouvido falar da Perfum'Ar, pesquisei acerca da empresa e acabei por lhe encomendar um dos muitos perfumes que eles tem para venda.
A Perfum'Ar é uma empresa nova em Portugal, que tem produtos muito apelativos, e com um valor muito acessível! Para além de serem hipolergenicos e apropriados para quem sofre de asma, de resto são recomendados pela APA (Associação Portuguesa dos Asmáticos).
Dois dias depois cá estava a embalagem e o perfume, que adorei! 
Vai daí, influenciado pela minha amiga e pelos produtos, sobre os quais li maravilhas, resolvi tornar-me também eu distribuidor da marca!
Tem curiosidade em conhecer os produtos?
Vou deixar-vos os links dos catálogos e posso sempre enviar por email a listagem dos perfumes que se aproximam dos aromas de outros sobejamente conhecidos!
http://online.fliphtml5.com/gbtev/yldv/

http://online.fliphtml5.com/gbtev/gzxu/
 
Na foto acima, se clicarem, direciona-vos para a página que criei no facebook alusiva à marca.
Caso se interessem em algum produto não hesitem em enviar-me um email, ou mesmo se tencionarem fazer parte do grupo de revendedores eu próprio posso ajudar-vos com a inscrição.
Eu sei, este é um post daqueles completamente diferente do que vos tenho acostumado, mas, quando a cabeça não tem juízo...
Bom feriado!

publicado às 14:44

Fado...

Desafio de A a Z

por C.C., em 28.04.20

sozinho_no_barco.jpg

É um estilo musical português. Geralmente cantado por uma só pessoa, acompanhado por uma guitarra clássica e uma guitarra portuguesa. É também património imaterial e cultural da humanidade! Nem toda a gente gosta, eu aprendi a gostar, na voz de Mariza!
Também é sinónimo de destino, de sorte, o futuro, embelezando os mais belos poemas cantados!
E é do destino que hoje vos falo, o meu, um presente inseguro que vislumbra um futuro completamente incerto!
A sorte que me calhou, talvez não tenha sabido aproveitar e hoje vivo a tentar remediar o que já não tem remédio!
Falta-me a coragem de mudar o presente, talvez com medo que a solidão me embale em noites sombrias!
Não vejo mais diante mim a vontade de curar as feridas, a sinceridade no perdão, o brilho de outrora!
Não sei muito bem para onde vamos, para onde vou, ou quando chegarei a bom porto!
Tudo tão incerto!
Talvez seja hora, de juntar todas as peças deste presente que me ausenta,atormenta e procurar o melhor de mim...

"É preciso perder para depois se ganhar
E mesmo sem ver, acreditar
...
Sei que o melhor de mim está pra chegar"

Mariza - o melhor de mim


-----------------------------------------------------------------
(Este desafio foi -me passado pela Isabel. Segundo as regras há 3 alíneas, e eu vou escolher a alínea c) para o próximo participante que será  a Rute..

 A letra seguinte será "G" , ou seja a palavra escolhida para o título começará por essa letra, mas a palavra escolhida não poderá constar do texto. Boa sorte.

AS REGRAS
1. a história só poderá ter, no máximo, até 200 palavras.
2. o blog que desafia terá de escolher uma das três seguintes restrições:
              a. qual o lipograma (texto que se constrói prescindindo de alguma letra do abecedário) para tornar a escrita mais criativa. exemplos? não pode ser utilizada a letra "L". isto pode ser aplicado no texto todo, numa só frase, ou num parágrafo, consoante o grau de dificuldade que procurarmos. da mesma forma, omitir vogais é mais difícil do que omitir consoantes. 
         b. escolher uma palavra específica que se queira ver incluída no texto, qualquer que seja o tema escolhido posteriomente pelo blog desafiado. o objetivo é que, apesar disto, a história não perca o nexo. também aqui, quanto mais incomum for a utilização da palavra, mais difícil será. exemplo? "esferovite". 
           c. o texto não poderá incluir a palavra relativa ao tema. exemplo? se o blog que ficar responsável pela letra "c" quiser escolher o tema corona, mas se o blog que o desafiou tiver escolhido esta terceira restrição, então ao longo do texto não pode ser usada essa mesma palavra. 
Quem escrever sobre um tema de letra "A" fica responsável por dar seguimento e desafiar outro blog diferente, deixando claro qual a restrição que quer. o blog que for então desafiado a escrever sobre um tema que comece pela letra seguinte (neste caso, "B") terá liberdade para escolher a palavra que servirá de base ao tema, tendo em atenção a restrição que foi sugerida pelo blog anterior. daqui seguir-se-á para as seguintes letras até terminarmos o desafio na letra "Z".)

publicado às 11:07

Gratidão...

Uma foto...uma história!

por C.C., em 27.04.20

desafio.jpg

O que vivo hoje é sem dúvida bem diferente do ontem.
A idade, a família, os amigos e todas as experiências pelas quais tenho passado, transformaram-me, ensinaram-me a repetir todos os dias a palavra GRATIDÃO.
Alegrias, lágrimas, saudade fizeram de mim a pessoa que sou, sem arrependimentos, sem mágoas, apenas e só aceitando.
É desmedida a minha riqueza interior.
O meu porto de abrigo é a minha alma que serenamente contempla o mundo maravilhoso que me rodeia. A brisa suave que passa leva os meus sonhos para novos rumos que ainda desconheço, na certeza, porém , que tudo o que me estiver destinado, bom ou menos bom, servirá para que me transforme numa pessoa mais sábia, mais lúcida e mais rica.
Quero continuar a amar sem medida a vida, a minha vida.

Manu

publicado às 07:11

Justiça na hora!

Nem tudo está mau...

por C.C., em 25.04.20

img_1280x720$2020_04_24_00_23_44_938764.jpg

 

Nem tudo está mau neste nosso Portugal!
Sabemos que temos a pandemia e a economia para gerir, o que nos vai levar imenso tempo a normalizar, para além da 'liberdade' que nos foi tirada às custas do Covid-19!
Contudo, notei neste último dia que no que toca à justiça, nem tudo vai mal!
Duas notícias que adorei ler:

- Que dois assaltantes investiram uma carrinha em marcha-atrás contra um hipermercado Continente, no Porto, esta quinta-feira e foram os dois travados e detidos pelas autoridades.
- Outros dois assaltantes, arrombaram uma loja de multiprodutos, quando os proprietários e empregados descansavam na cave! Ora um dos assaltantes levou porrada, o outro fugiu mas logo a PSP deu com ele!

Mais exemplos destes seriam precisos! Necessário também passar nos telejornais, para que quem tencione roubar tenha noção que podem não ter o sucesso que tanto pretendem!
É lamentável, a quantidade de delitos a que 'assistimos' em Portugal e que acabam quase sempre por passarem impunes e deixam os proprietários muitas vezes a braços com avultados prejuízos!
Sou muito rígido na minha forma de pensar e posso até ser mal interpretado, mas se estes delinquentes fossem condenados de forma exemplar, talvez outros pensassem duas vezes antes de cometerem os crimes! E quando digo de forma exemplar, acreditem em mim, condenava-os a trabalhos pesados, partirem pedra durante todo o tempo da pena...
Revolta-me ver uns a trabalhar para outros virem roubar e destruír!
Eu sei, eu sei, estranha forma esta de escrever...logo hoje que deveria evocar a liberdade!

publicado às 07:11

Foi o tempo...

...que o levou!

por C.C., em 23.04.20

person-standing-near-lake-670720-810x540.jpg

Foi o tempo que o levou...
Indiferente aos anos que eu vivi
A paz, a calma, a harmonia
E todo o amor que eu senti!

Há dias assim...
Mas ainda que tudo pareça perdido,
Ainda persistem os sonhos em mim!

C.C.

publicado às 07:11

Construção do sonho #10

Indeferido

por C.C., em 21.04.20

maxresdefault.jpgIndeferido, este é o termo que vem no ofício da Câmara Municipal!
Confesso que para o encontrar tive que ler uma quantidade de frases e termos que nada me dizem e que só quem lida diáriamente com aquela gente consegue compreender!
A custo lá encontrei então a resposta ao pedido à alteração de loteamento que demos entrada no passado mês de Novembro!
Conversei com o arquitecto acerca deste indeferimento, que logo se disponibilizou a corrigir uns erros, ainda assim escreveu uma carta para justificar outros que não queremos de maneira nenhuma abrir mão!
Voltei a pedir à câmara as plantas de localização que entretanto ficaram fora de validade, juntamos tudo na mesma pasta e respondi-lhes quase que implorando maior celeridade!
Escusado será dizer que esta resposta levou ao pagamento de mais uma quantia...
Estou na esperança que sejam mais rápidos desta vez, e que a resposta seja a que mais esperamos!

publicado às 12:25

O meu pôr-do-sol…

Uma foto...uma história!

por C.C., em 20.04.20

desafio.jpg

O pôr-do-sol é, para mim, um momento indescritível… por isso gosto tanto de fotografá-lo… o que me falta em palavras, “compenso” em imagens…

Desde miúda que me habituei a apreciar o pôr-do-sol junto ao Mar… é aí que ele adquire, para mim, toda a sua beleza, magia e encantamento…

Sendo algo que sempre me deslumbrou, nestes momentos de “isolamento forçadamente voluntário”, é algo de que sinto muita falta…

Nunca imaginei que, alguma vez, me visse impedida de apreciar o pôr-do-sol onde mais gosto… sempre me pareceu algo simples de realizar e garantido, à mercê da minha vontade…

Quando tivermos a nossa Liberdade de volta, farei questão de voltar ao “Meu lugar” e apreciar o pôr-do-sol, que tanto amo, sem qualquer restrição… desfrutar, apenas, de um momento de intenso prazer com que a Natureza nos presenteia diariamente…

 

publicado às 07:11

A Primavera...

Desafio das flores!

por C.C., em 18.04.20

93796292_605126610213090_797797523921043456_n.jpg
Por estes dias os blogs do sapo tem-se enchido de flores, o que mais parece um perfeito jardim!
Do meu lado cheguei a partilhar a foto de um girassol, de resto a minha flor favorita!
Mas entretanto, numa das minhas idas à rua levar o lixo ao contentor, vi estas flores que embelezavam um canteiro! Peguei no telemóvel e registei o momento.
Já lá vai uma semana, até que hoje resolvi partilhar convosco!
Procurei o nome da flor, mas não encontrei, ou melhor, encontrei vários nomes! 
Alguém conhece o verdadeiro nome desta flor?
Ao trabalhar a fotografia para a publicar, foi aí que me dei conta que a natureza, apesar de tudo, é imparcial ao momento que a humanidade atravessa e segue o seu curso...
Conseguem ver a abelha, delicada, a cumprir com o seu propósito, feita operária a coletar o pólen para levar de volta à colmeia?
A natureza e a sua perfeição!

publicado às 07:11

A eles, a nós, um ...

... muito obrigado!

por C.C., em 16.04.20

92850583_3403688916312667_1319455477075017728_n.jp

Ainda que estejamos longe do fim desta pandemia, conseguimos perfeitamente reconhecer a quem devemos agradecer!
E neste momento, os médicos, os enfermeiros, os auxiliares de saúde que estão na linha da frente, são esses que merecem o nosso maior agradecimento! A lutarem contra um vírus desconhecido, longe das próprias famílias, são eles que tem tratado dos nossos, dos que precisam de internamento, dos que precisam até dos cuidados intensivos!
A eles o meu, o nosso obrigado!
Devemos agradecer também, às forças de autoridade que tão bem tem desempenhado o seu papel no controlo do tráfego automóvel e pedonal neste país em confinamento! (Não me apetece falar dos que desrespeitaram as ordens, serão uma minoria!)
A eles o meu, o nosso obrigado!
Agradecer também, aos políticos, que a tempo se decidiram pelo encerramento de escolas e espaços públicos e nos obrigaram ao confinamento social, ainda que trágicos, conseguiram evitar números de letalidade como os de outros países europeus e o colapso do serviço nacional de saúde!(Para muitos, estas medidas deveriam ter sido tomadas mais cedo! Não vou discutir isso...)
A eles o meu, o nosso obrigado!
Por último devemos agradecer aos Portugueses, pelo exemplo de cidadania, de respeito, de noção do perigo e que desde cedo, mesmo antes das medidas se tornarem obrigatórias, começaram a resguardar-se e a manter o afastamento social, tudo isto por iniciativa própria! 
A eles, a nós, um ... muito obrigado!
Continuemos assim, cívicos,  ainda que separados, unidos na mesma causa, protegermos-nos a nós e aos nossos!

publicado às 07:11

Parabéns mãe!

A distância do amor!

por C.C., em 14.04.20

mensagem-de-aniversario-para-mãe-linda-e153236790

 

Parabéns mãe!
Foi ontem, dia 13 de Abril! Apesar da já longa história que tantas vezes nos conta de que nasceu a 3, mas que o seu pai, nosso avô a registou apenas dez dias depois!
Desde que me lembro, desde pequeno, somos família, somos amor, mas não somos de beijos e abraços!
Somos de gestos, somos presença, estamos sempre lá quando é preciso!
Porque sim, porque não...estamos sempre presentes na vida uns dos outros, de resto um dos valores que sempre nos incutiu!
Mas voltando à demonstração dos afectos, o beijo, esse fica sempre para ocasiões especiais, na verdade o último beijo que lhe dei foi na passagem de ano, na troca dos votos de bom ano 2020! Se soubesse, tinha dado mais alguns, um abraço também, mas não somos adivinhos do futuro!
Desde sempre, todos os anos, tenho sempre uma prenda para lhe dar, um beijo e todos nos juntamos para comer uma fatia de bolo, para não deixar passar o dia em branco, muito embora nos diga sempre que não quer festas, a verdade é que fica feliz de nos ver à sua volta!
Somos seis filhos, um faleceu, um está emigrado e os outros quatro estão por perto, sempre por perto!
Perto do olhar, à distância de um toque, à distância de um beijo!
Mas ontem, ontem o perto se fez longe!
São 78 anos de vida, que orgulho mãe!
São 78 anos de vida, de luta, de dor, de lágrimas, mas também de sorrisos e muita felicidade!
São 78 anos de vida, 39 dos quais a incutir-me os mesmos valores com que educou os meus irmãos!
O quanto me orgulho mãe, desta educação que me deu!
Hoje agradeço-lhe o homem que sou!
"O que nos havia de calhar!" - Sei que o repetiu ontem, vezes sem conta!
É verdade, pela primeira vez, um aniversário diferente, sem beijos, sem o toque, sem uma prenda, sem a presença dos seus filhos, apenas uma conseguiu estar! 
Eu, nós, os outros filhos, este ano estivemos a cantar-lhe os parabéns em videoconferência, tanta tecnologia só para si!
Uma salva de palmas para si Mãe e que em breve nos possamos rever e beijar e quem sabe até voltar a cantar-lhe os parabéns!
A distância impediu a presença física, mas quando se fala de amor...mãe, no amor não existem distâncias!
Mãe, para mim é o meu amor maior!
Parabéns Mãe...

publicado às 18:15

Da minha janela...

Uma foto...uma história!

por C.C., em 13.04.20

desafio.jpg

Da minha janela... vejo o mundo, o meu mundo

Vejo um céu que tanto pode ser azul, como cinzento, como branco igualzinho a algodão

Vejo vida, casas, pessoas, carros, bicicletas e animais de estimação. Uma menina sai de casa com o seu cão, começa a chover, e ela regressa a casa a correr com o animal no seu encalço.

Vejo árvores, plantas, arbustos, jardins e muitas flores no meu quintal.

Também vejo e ouço pássaros e passarinhos, não conheço os seus nomes mas, reconheço-lhes os pios e os trinados, ah sim, também assisto às voltas e reviravoltas que os pombos fazem antes de regressar ao pombal do vizinho.

Mas, no fundo o que vemos das nossas janelas, é o que quisermos ver, porque seja aquilo que for, vai ser feio ou bonito, mau ou bom, conforme o estado de espírito de quem estiver a ver.

Da minha janela, posso ver um sol radioso, que dá ainda mais cor à paisagem, ou posso ver água a cair do céu em gotas, em muitas gotas, como hoje, e posso ver as árvores num bailado louco sem saírem do lugar, e deixando cair desamparadas folhas e pétalas de flores.

E uma coisa ou outra, poderão ser apreciadas em diversas ocasiões e com diversas emoções.

Eu gosto de ver através da minha janela.

Isabel

publicado às 07:11

Milagre na cela 7

O filme que não podes perder!

por C.C., em 12.04.20

EVBu7vdWkAEhRnI.jpg

 

O filme passa-se numa pequena vila da Turquia, na década de 1980, e gira em torno de Memo, um deficiente intelectual que vive com a sua filha Ova, e sua mãe Fatma.
O que acontece é que a doença da qual o protagonista padece é um atraso cognitivo que faz com que ele tenha a idade mental de uma criança. Por isso, a sua filha é vítima de bullying na escola onde os seus colegas a gozam com a condição do seu pai.
Até que, Memo vê-se diante de uma situação que vai mudar a sua vida: ele é condenado à morte injustamente pelo assassinato de uma menina. Isto vai distancia-lo da sua filha e ele precisa de provar a sua inocência o mais rápido possível para poder voltar para perto dela. Para isso, Memo vai contar com a ajuda dos seus companheiros de cela!
Mas será que conseguirá provar a sua inocência?

Este é o filme que está acessível a quem tem Netflix e por isso mesmo anda na "boca" de muita gente e nas imensas partilhas nas redes sociais!
Vimos o filme com grande expectativa e acreditem, não defraudou!
Algum de vocês já o viu?
Opiniões?
Um bom filme para a tarde de hoje!
Boa Páscoa!

publicado às 07:11

Feliz Páscoa

Aos amigos do blog!

por C.C., em 10.04.20

5e2194488874e_o_medium.jpg

 

A Páscoa é um dos pontos altos do ano, em especial para os mais crentes!
Contudo para os menos crentes como nós (família), assumimos esta época como um momento onde conseguimos nos reunir para mais um almoço bem agradável.
Mas este ano, vai ser diferente!
Não vamos estar na casa uns dos outros, não vamos estar cerca de 20 pessoas à mesa a fazer barulho, mas antes isolados, cado um no seu cantinho!
Neste momento, mais do que nunca, perceberemos a verdadeira importância que a família tem na nossa vida e no nosso dia-a-dia!
Cá em casa seremos dois, não vamos arriscar, vamos cumprir as ordens superiores e contribuirmos para que daqui a um ano possamos festejar a Páscoa com toda a família!
Ao olharmos por nós, estamos a olhar pelos nossos!
Assim, desta forma, desejo-vos a vós e aos vossos entes queridos uma Páscoa muito feliz.
Para quem é guloso, a Páscoa é o banquete de todas as tentações, mas sabem que mais, não acho que seja o momento de nos privarmos de nada, temos tempo para pensar nisso mais tarde!
Feliz Páscoa!!

publicado às 07:11

Os números do Covid...

Trágicos ou não?

por C.C., em 07.04.20

original.jpg

Estou há alguns dias para escrever sobre este assunto, que me tem dado alguma irritação, confesso! E mesmo correndo o risco de ser mal interpretado, resolvi arriscar!
Qual é o peso de uma tragédia para cada um de vocês?
Como a maioria, tenho acompanhado de perto a pandemia devida ao Covid-19, gosto de estar a par dos números e através das redes sociais acabo sempre por ler alguns dos comentários que vão surgindo! 
Comentários positivos, enriquecedores, outros mais simples, contudo existem outros que me chegam a dar comichão! 
Como é que se pode dar graças a Deus por não termos um cenário pandémico como o de Espanha, Itália, França ou EUA? Como é que é possível?
Então se dermos graças a Deus, assumimos como culpa dele os mais 300 mortos atuais em Portugal?
Ou Deus é o culpado da tragédia nos outros países e resolveu poupar-nos?
A sério, juro que não percebo!
Para mim é tão trágica a morte de uma pessoa como de 1000!
O máximo de respeito é exigido nestes tempos complicados, ainda bem que não temos os números horrendos do exterior, contudo cada um dos nossos que morreu é trágico também e duvido que a existir Deus ele quisesse que assistíssemos a este cenário apocalíptico!
Ainda vai morrer muita gente e ninguém sabe como nos vamos safar desta situação, portanto haja noção do que se pode ou não dizer e escrever!
Tudo isto é uma tragédia a nível mundial, mas se olharmos a cada país cada um tem a sua tragédia em marcha independentemente do  número maior ou menor de mortos!

publicado às 18:07

O meu silêncio...

Uma foto...uma história

por C.C., em 06.04.20

Nala.jpg

… o meu silêncio foi, durante muito tempo, um fardo. Nele sentia-me em insegurança como se estar face a face comigo própria fosse o mesmo que estar sob fogo cruzado.

 

Pode ser tão difícil ficarmos em silêncio quando teimamos em ver-nos como seres insignificantes e pequeninos. Nestes casos o confronto direto com ele pode ser devastador pois antes de começarmos a batalha, já sentimos que a perdemos.

 

Ao longo do tempo fui aprendendo a aceitar esse desconforto que o silêncio me trazia. Diria mesmo que aprendi a amá-lo e a acarinhá-lo como um encontro privilegiado que tenho comigo mesma.

 

Porque o meu silêncio pode ser tanta mas tanta coisa…

 

Ele pode ser um porto de abrigo quando preciso de um, pode ser um momento de tristeza quando preciso chorar, ele pode ser o meu foco quando preciso de me focar… O meu silencio vale tanto quanto a minha voz alegre que entoa num dia solarengo.

 

O meu silêncio vale tanto como o meu riso que se eleva numa gargalhada cristalina.

 

O meu silêncio vale ouro… porque esse momento é meu e só o partilho comigo mesma ou com aqueles que são parte de mim!

 

Nala

publicado às 07:11

Cristóvam - Andrà Tutto Bene

Vai ficar tudo bem!

por C.C., em 05.04.20

"Nestes tempos estranhos, em que todos nos encontramos um pouco assombrados pela ansiedade, procuramos dentro de nós a melhor forma de a combater. Escrevi e gravei esta canção no meu pequeno estúdio como a minha forma de o fazer.
Não é suposto ser nada mais do que a minha pequena tentativa de mandar um grito de esperança aqui do meio do mar para todos aqueles que neste momento mais precisam. Fiquem bem. Separados lutamos, juntos resistimos. Um abraço a todos!"  - Cristóvam

Dos Açores para o mundo, surge este tema leve e contagiante, um hino repleto de esperança para que tudo fique realmente bem!

Bom domingo!

publicado às 07:11

Ainda sobre o desafio...

Uma foto...uma história!

por C.C., em 04.04.20

3-pilares-da-fotografia-001.jpgMuito obrigado a todos vocês que aceitaram participar neste desafio de partilharem uma foto e uma história alusiva a um tema que eu próprio vos farei chegar por email!
A adesão foi satisfatória ainda que tenha completado a lista com mais alguns de vocês que por um motivo ou outro não tenham reparado neste desafio que criei!
Assim, também vos quero informar que o primeiro blog desafiado já foi contactado e já me fez chegar o seu trabalho! 
Mas quem será? Perguntam vocês?
Aguardem até segunda-feira, de resto o dia por mim escolhido para publicar os vossos trabalhos!
Todas as segundas-feiras (pelo menos as próximas 33), um convidado e um tema diferente aqui no meu (nosso) cantinho!
Mais uma vez, obrigado por participarem!

publicado às 15:30

O meu girassol!

Desafio das flores...

por C.C., em 03.04.20

girassol_210235387.jpg
Ai se eu pudesse, um jardim cheio de girassois eu teria!
A Primavera chegou, mas este ano não estamos, para já, a conseguir ver o desabrochar das flores! Por isso não consegui fotografar uma flor, venho então falar-vos daquela que para mim é a rainha entre todas as outras!
A flor do girassol...
O girassol é uma planta, cuja flor é a minha favorita de todas as outras que conhecemos!
Também gosto de tulipas, de rosas, das gerberas, mas para mim a flor do girassol é a que mais me encanta!
Uma irmã minha teve (tivemos) em tempos uma papelaria / florista e de todos os ramos que ela fazia, aqueles onde o girassol era rei, eram os mais bonitos! Não imaginam os trabalhos florais que ela fazia e o talento que ainda tem!
Por altura do dias dos namorados, num ramo de rosas vermelhas o girassol no meio delas dava aquele toque único! Eu adorava...
Ai se eu pudesse ter um cantinho de terra na nova casa, gostava de poder plantar girassóis!
E a vossa flor favorita qual é?

publicado às 11:38

Pão caseiro...

...copiando o Marco Costa!

por C.C., em 02.04.20

IMG_20200402_005849-01.jpeg

Por estes dias ao vermos o Marco Costa, o pasteleiro a fazer pão caseiro no programa das tardes da TVI, abriu-nos o apetite e decidimos meter mãos a obra!
O resultado é o que vocês conseguem ver nas imagens, fizemos pão e pão com chouriço e queijo.
Deixo -vos a receita para que possam experimentar se quiserem!

Ingredientes:

500 g farinha de trigo, sem fermento
10 g fermento seco padeiro (próprio para pão) ou 25 g de fermento fresco
10 g sal
300 ou 400 ml de água morna

Preparação:

1 - Num alguidar, juntar farinha, sal e fermento. Adicionar água aos poucos, enquanto vamos envolvendo tudo;
2 - Amassar a mistura, até toda a massa sair das mãos. Fazer o teste do véu (esticar a massa e conseguir olhar para o outro lado sem a massa partir);
3 - Deixar levedar, no mínimo, 2 horas;
4 - Quando a massa estiver com o dobro do tamanho, levar ao forno a 180 graus, durante 30 a 40 minutos.

Atrevam-se!

Bom apetite.

publicado às 11:07


Mais sobre mim

foto do autor



O Avesso...Facebook


Mensagens

Calendário

Abril 2020

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930