Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Uma realidade que dói...

...no Casal Vistoso!

por C.C., em 06.06.20

O Pavilhão Casal Vistoso fica no Areeiro e tem funcionado desde Março como um albergue aos sem abrigo e aos que entretanto devido à Pandemia, perderam os seus empregos e consequentemente o dinheiro para pagar as contas e os alugueres!
O virús tirou-lhes o tecto e o pavilhão do Casal Vistoso é agora o amparo que necessitam,

Vi hoje na TVI uma reportagem acerca desta realidade que dói!
São inúmeras as pessoas que pediram ajuda e encontraram ali um certo alívio a toda a angústia que a vida lhes provocou!
Num pavilhão onde deixou de haver desporto, 95 pessoas de diversas nacionalidades em situação de sem-abrigo têm agora onde dormir, fazer a higiene pessoal, acesso a cuidados de saúde, apoio social e a um conjunto de atividades desportivas e culturais.

Ouvimos histórias de pessoas que tinham quase tudo e tudo o que lhes restava perderam!

DOC.20200505.28762079._O7I7165-scaled.jpg

O Pavilhão do Casal Vistoso conta com dois grandes espaços de dormitório, um para homens e outro para famílias, mulheres e pessoas Lésbicas, Gays, Bissexuais, transsexuais e até cães são permitidos.
Com ajuda de voluntários e técnicos muitos procuram agora legalizar a situação no país, outros procuram um novo trabalho ou até um quarto para ficarem.
Apesar de tudo, sabemos que estes são apenas uma pequena amostra do que existe como sem abrigo na capital!
Esta é uma realidade que dói e que me deixa a pensar...

O que poderia eu fazer para ajudar estas pessoas?
Tornar-me voluntário? Já pensei nisso, mas não sei se no Porto existem estes centros de acolhimento, vou pesquisar...
Gostava de ser rico, a sério!
Talvez seja ridículo para muitos, mas chego a pensar, se tivesse dinheiro, contrataria estas pessoas para trabalharem para mim. De alguma forma estariam a ganhar dinheiro para pagar as rendas, o comer...
Se fosse rico, penso muitas vezes, construiria albergues que servissem de abrigo temporário a quem de repente perdeu tudo, uma ajuda até que se reorganizassem novamente!
Se fosse rico, tiraria os sem abrigo da rua, fazia por lhes dar a oportunidade de voltarem a reerguer-se!
Faria por ajudar, quem realmente quisesse ser ajudado!
Não me faltam ideias, se eu fosse rico, contudo vejo os ricos que nada fazem, ou então não pensam como eu!
Esta realidade dói...no Casal Vistoso e em tantos outros centros de abrigo neste país e no mundo!
Mas ainda que conseguíssemos fazer alguma coisa pelos nossos...daríamos o exemplo!

publicado às 22:02


Mais sobre mim

foto do autor



O Avesso...Facebook


Mensagens

Calendário

Junho 2020

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930